O inquietante mundo de Robert Mapplethorpe

872879_1903-self-portrait-1980-web_-1

Há pouco tempo caí, sem querer, no inquietante mundo de Robert Mapplethorpe. Não conhecia o fotógrafo, nem de nome, até ver um documentário sobre a sua gritantemente polémica vida e obra.

 “Robert Mapplethorpe: Look at the pictures” é um tatear cronológico sobre o percurso do protagonista. Desde a educação católica, à relação com a cantora punk Patti Smith, às sessões sadomasoquistas num clube nova-iorquino chamado The Mineshaft, à morte, com SIDA, aos 42 anos.

A vida de Robert é nos apresentada como um crescendo de excessos e um superar de cada um deles, incansavelmente documentado pelo fotógrafo através da sua obra. Obra que, tal como a sua própria vida, se polariza  entre inofensivas fotografias de flores e – atenção que o conceito é discutível – pornografia sadomasoquista gay.

Continue reading

Standard